domingo, 1 de fevereiro de 2015

Soneto Inglês, nº 35

Renasço da estrada Antiga
onde na velha estância
aguardo os magos chegarem
do longe mais Oriente

pra adorarem o Hóspede

inda menino, brumária curva
onde os cantares do homem
nunca mais chão de tardança, 

depois que o Eterno se encarna:

mundo Amanhece das trevas
e seus cinzéis-Escribantos
pra danças festas Quizombas____

estrada antiga onde  Tudo

foi nova história  Nascida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário