sexta-feira, 6 de setembro de 2019

SonetoNHÔ RodoPÍo(São Mármaro no Santo Daime. Soneto n.512, para Hugo Stutz)

Fachada de casa Antiga:
há chunguichungues dela-Fumaça 
Maria - a esgadanhar pra dentro do espelho 
o mapa do Brasil-MÚÚndi_________

ascendem hélices, ÚIvos,
cristais retinem de medo - os mil e dois
macacos do Fernando Sabino entram no palco 
e ali na esquina o mar vai cochamBRar

os estilhaços______ noutra parede 
a mina mais funda de Morro Velho 
volta a dar prata igual xerÉm vaca MÔcha,
ciranda de ocaRÍnimas rendÊiras_________

perfumes de longes ilhas, montes pascoÁIs,
e AlcançaRIS, catedrais...


(*) À memória de Camargo Guarnieri. Para ser lido ouvindo 
o terceiro movimento de sua Sinfonia n.2, "Uirapuru".

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Soneto, n.511(Ao meu irmão André Mauro)

Madrugada chuviriscente
na ruazinha 'dormecida,
os cataventos lembram dez anjos 
soprando seus flautirins________

ela garoa solfeja, o velho Ferges
abre a janela pra sentir o Vento_______
setembro Entrou desde a garganta do cuco,
palavrarinhas cresCÊntias no achegue

à madrugada conforme garoa se
apruma feito miNÍno que IntÓrta voz
quando começa a se fazer marMÂnjo,
grossura com nome e sobrenome de

chuva... "torrencial", e o velho Ferges se Ri,
lembrando a tamanQUIce de seu Vicente Matheus.(*)


(*)"Jogo do Corinthians foi cancelado porque
garoava, 'torrencialmente'."