sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Erexumando ele Losango Cáqui(Soneto, n.227. À memória de Mário de Andrade. Pro amigo e mestre Alberto Pucheu)

Trançura
nos horizonte' montado a cavalo:
as nuve - butuca abaixo
na minina magriça

que sobe à frente da vó, velha nastácia
a milinguir morro Acima
um rouparéu bem no quengo
com lenço

rubro. A neta, toda cantária -
"trali-laralááá trali-lááá
trali-laraiááá" -
num repente se alembra

da vó que Trupica atrás:
"qué mi dá, vóóó?" - "Nãããão..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário