domingo, 12 de agosto de 2018

Sermão de São Mármaro(versão soneto, n.389. Escrito na forma 4/8/2. À memória de Olivier Messiaen, e seu "Quarteto para o fim dos tempos")

Assim será o ganzaralho
do finis Múndum_________ som troante
ver deuses que o mar engole em grupelhos
de dez - no Cosme Velho se vê mais NÃO 

os ombros e suvacos da Estátua, entressombras
dele arvoredo foram-Se embora em meio às
burumbas, aos lunários de Momo. Faz tempo 
que o Deus-Minino ouviu cantar o minueto
do boi, e beatos Santêros
tinham boca pra chamar o Vento. Eu:
criança noutro trolintrOncamento
neste candiá não tenho pássaros-Hora__________

as quatro Bestas me dizem "Behold!!" - eu zóio:
por Tudarããão é só o cavalo Amarelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário