quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Soneto-Estudo(n.230, para Luciana)

A vida-Mona anforizou-Se:
losangos e pássaros e cubos Tranquêros
no revertério deles sóis Abúlicos, manjários
sobre dois acordes_________

demônios verdes(daqueles que Murilízio diria
"não serem sopa Não") - quando ele Hóspede
e a Virgem Branca aparecerem
 no céu - farfalharão Descoisidos

pelas janelas do espaço, transferencentes
em matrioskas cujas gavetas vestirão Muito
os tons dos girassóis AMARELOS - Trezerencentos,
enquanto o mar devolve todos seus Mortos__________

o verme Inverso de inerme
roererá todos os dentes da Magra(*).

(* antigo apelido dado à morte no
interior do Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário