domingo, 5 de fevereiro de 2017

Soneto-Estudo(n.233)

Rua fulano de tal,
ladeira Acima ao gauchê
geremário, casa. Alpendrim que o cabrunco
senta à beira dum Copo__________

os escuréus por riba das telhas
prometem madrugada de Chuva. Estrelas hoje Cambaias,
não mostram seios e coxas
pro nego véio, outrora estiva-Muleque

que todo sábado pontificava na Portela.
Isso anteontem. Hoje cinzalha
é cabelêra que Resta, perdida irene a esperança
e mais bantós-Cumarís dela vida que Descoisíííu_________

rés de sol agora um só Nevoeiro,
um todo Inverno a lhe Queimar dos espelhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário