quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

FornÔvo Dois(Outra versão soneto. n.450)

Chove? Cai o enXÓvlio da tarde sobre as
esteiras, tristeza de cinquenta violoncelos.
Na ante-sala há o retrato do aVÔ,
varejo pras continÊncias,

íncubos-Mor embrulhados nas Lápides:
"e o vento vai levando Tudo Embora..."_________
mataram TancrÊdo na rua das CaraloPÉmias,
e o Brasil dos poetas foi de novo jogado

às Traças - chorai, porque morreu XamBÚ,
resto é BOI, descomedido
na Enchente_______ EU
(nos bem quarenta graus de minha Febre),

e os homens: bem NÊle-enXÓvlio, Carapetão do
"sol da Tarde que u'a janela perdida Refletiu..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário