sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Esboço LacrimImbó(soneto, n.422, forma 4/8/2. Para Sarah Valle)

Eu sou uma besta Quadrada
que nunca Soube rolar. Fulgêncio
em verberÊncias-Nada, vapor
que logo o quente da manhã DistronchÊa.

Tive um pai Polifemo
(por ISSO a roda do Encantário espatifada ao rÓr
dela fonte) - a falta d'Olho nele
eram tripúdios bumbas e caraÇas
por causa das Asas que ele achava 
escândalo, embora dadas pelos anjos
quando o Méier me zííu pela primeira vez,
e a ronca do Infinito era possível__________

a besta - 'Rrefecida de suas asas MurchunhÔ,
quadrÁdea, o não-Rolar amunhecado em Carma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário